Compare Produtos, Lojas e Preços
Negócios

Caminhos do Vale é nova opção turística no Rio Grande do Sul - Mai/04

Voltar

Projeto abrange seis cidades, onde 254 empreendimentos receberam capacitação gerencial

Três novas opções de lazer já fazem parte do roteiro turístico disponível aos turistas do Rio Grande do Sul. Caminhos de Jacobina, em Sapiranga; Teufelsloch “Buraco do Diabo”, em Ivoti e Baumschneis, em Dois Irmãos integram a rota Caminhos do Vale, um projeto desenvolvido pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Rio Grande do Sul (Sebrae/RS), em parceria com seis municípios. A iniciativa prevê a capacitação dos empreendimentos voltados ao turismo, como forma de estimular o desenvolvimento econômico local. O objetivo é gerar renda de forma sustentável às comunidades de Novo Hamburgo (Lomba Grande), Campo Bom, Sapiranga, Ivoti, Dois Irmãos e Igrejinha. Somente em 2003, este projeto recebeu R$ 700 mil. Para 2004, o Turismo, em todo o Estado, será o setor com maior volume de investimentos feitos pelo Sebrae/RS ultrapassando R$ 5,5 milhões.

Desde que foi iniciado, o projeto já capacitou e prestou assessoria, nas seis cidades, a um total de 254 empreendimentos, entre restaurantes, hotéis, agroindústrias, postos de gasolina e pontos de lazer como balneários e sítios para campings. Também deverão integrar o projeto os municípios de Portão, que passa por negociações e, São Leopoldo, que já está em processo de diagnóstico. “Com mais duas cidades deveremos chegar a 280 estabelecimentos trabalhados”, adianta a coordenadora do projeto, Maude Celuppi Piva. Desde o ano passado, eles vêm recebendo capacitação gerencial e cursos para o aperfeiçoamento de seus produtos e serviços.

Entre os resultados esperados do projeto estão: a qualificação da gestão empresarial, o resgate e a consolidação dos valores históricos culturais da comunidade, estruturação de uma rede de parcerias entre os diversos negócios existentes no município, incremento de novos empreendimentos com impacto positivo na economia da localidade e conscientização turística junto à comunidade. O Caminhos do Vale reúne municípios com similaridades no que se refere à abundância de recursos naturais, inclusive, com identidade já consolidada de cidades de flores.

A coordenadora explica que o projeto iniciou em junho de 2002 com uma proposta de desenvolvimento do Turismo no Meio Rural. “Após realizado o diagnóstico, percebeu-se que haviam muitas áreas de lazer sendo trabalhadas com este foco”. O projeto, que tem apoio de sindicatos rurais e da Emater, passa pela etapa de captação de agências para a comercialização dos roteiros. Por enquanto, quem tiver interesse em visitar o Caminhos do Vale, deve entrar em contato com as secretarias municipais de Turismo das cidades envolvidas.

Fonte: Assessoria de Imprensa: Lig Comunicação

Voltar