Capítulo VII - Conversando com o Guardian

Voltar

PASSAGENS, MARINAS E ANCORAGENS

Tai Xará, esse assunto me empolga e gosto de falar sobre isto, porque tem muita gente que não tem a mínima idéia, assim, e' uma boa oportunidade para dar alguns esclarecimentos, informações e, principalmente, mostrar que o negocio e' simples, fácil e sem as complicações que muitas vezes dizem por ai. 

Vamos fazer o seguinte, vamos conversar cada assunto, especificamente como você pode ter algumas duvidas, pois a maior parte das perguntas feitas ao João estão nestes temas, vai anotando as perguntas para não esquecer e depois nos envia, por email, o.k.????? 

As Passagens ou Travessias:

As Passagens ou Travessias, como chamamos, e' quando você esta' fazendo uma viagem mais longa, já tocamos em alguns pontos do assunto, existem umas mais longas que outras.

Eu ate das longas, só fiz 2 longas. A primeira foi San Diego/Hawaii, 17 dias. 
A segunda Hawaii/Marquesas, na Polinesia Francesa,22 dias.

Nas Travessias ,que muita gente pensa estamos fazendo sempre, o maior engano, tudo e' programado bem e antes da partida.

Aquela máxima;

"Quem vai para o mar se prepara em terra"!!!!!!

Assim, você tem todas as cartas náuticas da aérea da viagem, tudo projetado e organizado.

Rumos, tempos, distancias, previsão do tempo, ventos predominantes, correntes, mares, etc...

Depois o combustível, estimativa de consumo, a reserva, material de reposição, água , alimentação, ver as possibilidades de chuva, para colher água, se for necessário, etc...
Quando chega a hora da partida, já estou checado e re-checado, duas vezes, então e' só aguardar o tempo ideal e zarpar.

Na Travessia Hawaii/Marquesas, a mais longa, sempre que podíamos colhíamos água da chuva, tomávamos um bom banho, quer dizer a minha galera e ainda meus tanques d'água estavam sempre cheios.

Quando não chovia, a galera tomava banho de água salgada do marzão, limpissima, secavam ao sol e depois passavam a tolha para tirar os cristais de sal e estavam sempre limpos e asseados.

No azulão Xará, o marzão lá fora, não tem emissário submarino, coliformes fecais, despejo de óleo, etc .
Você esta' num local onde a poluição e' zero!!!!!!
Bem, isto quando Francês não resolve colocar Bomba Atômica, que fique bem claro!!!!!!!

Tem cruzeiristas que usam um sistema, de depois do banho de água salgada, dar um jato de água doce no corpo com aqueles pressurizadores de regar plantas. Cada qual usa a sua maneira, o fato e' que todo mundo curte muito um banho no azulão em dia de sol brabo, banho das 10, das 13, e das 16 horas. E' refrescante e gostoso.

Secar ao sol do Equador ou dos trópicos, com aquela leve brisa massageando sua pele, nas sombras das minhas velas, a galera vai ao Nirvana!!!!!!

A Travessia para as Marquesas, como comentei , foi a mais longa, contudo neste particular de banhos, foi a mais gostosa, principalmente, quando junto ao Equador.

Outra Travessia que foi excelente, Mooloolaba/Nova Caledonia, levamos 7 dias, inacreditáveis e gostosos, tudo estava perfeito; Vento, Mar, Céu, e Sol, tudo com letra maiúscula mesmo!!!!! Dias de inacreditável beleza, uma maravilha!!!!!!!

E' exatamente nestas Passagens, que conversamos mais com o João ,o Bicão, como chamam o Alexandre e o Atila. Fico dando idéias, eles olhando meu desempenho, o que pode ser melhorado, o que ainda necessito, etc...

As conversas sobre os meus livros, qual o tipo de devemos explorar, os assuntos a serem abordados, como este que você esta' lendo agora Xará!!!!!!

Dei a idéia ao João, quando estávamos na Travessia Salomão/Austrália. Já estava na hora de conversar direto com os meus amigos, ao invés de ficar soltando piadinha entre um escrito e outro. Fui dizendo a ele tudo que devia ser escrito e olha agora ai nas suas mãos!!!!!! 

E' assim Xará, na Travessia e' onde você curte as lembranças, saudades, a noite vendo as estrelas, o astros e vê que beleza e' o mundo, o universo, alegria , festa, paz e a simplicidade do viver o cruzeiro a vela.

Onde você sente sua pequinês perante o cosmo e sua grandeza em explora-lo. 

E' genial Xará, coisa inesquecível e emocionante!!!!!!!!

Temos nossos turnos a noite, 3 horas para cada, eu velejo sozinho, meu piloto automático faz o seu trabalho, minhas velas armadas como determina o vento, e' só descansar no cockpit. Conversar comigo, tomar um chocolate quente, um vinho do Porto e checar se tem a "praga" dos navios, que não respeitam a gente.

O negocio e' relaxar e curtir.
Os navegadores modernos, como dizemos brincando.

O que???? Medo Xará?????

Xará, vai desculpando a brincadeira;

"Mas quem tem medo de ir ao banheiro , não come"!!!!!! 

Xará, medo e' coisa de quem não tem confiança em si próprio. Você esta curtindo um ambiente de rara beleza, com as nossas estrelinhas lá de cima dando aquela forca, nos protegendo. PAPAI DO CÉU, sabendo que você e' gente fina, com todo mundo. Ter medo de que??????

Dracula, Bicho Papão, Tubarão que come as criancinhas, Piratas armados ate os dentes!!!!!

Xará, isto e' coisa de Hollywood, ou de gente que quer se auto valorizar, coisas que atrapalham as pessoas a crescerem, ser gente, o ser na sua plenitude.

Tem muita gente que diz horrores, conta historias terríveis, só para assustar, aguçar o temor dos novos cruzeiristas, coisa sem pé nem cabeça. Nos queremos , justo ao contrario, dividir com brasucas e irmãos como você, esta alegria fantástica, esta oportunidade impar e no futuro ver os oceanos coalhados de cruzeiristas brasileiros. O nosso sonho!!!!!

O João me contava que quando a Biiita conversava com as editoras no Brasil para publicar meus livros, iam logo perguntando;

Teve furacão???? 
Maremoto??? 
Mastro quebrado??? 
Pirata comedor de gente?????
Quantos mortos e feridos???? 

Coitadinhos, vivem no meio do desastre, os furacões e maremotos impostos pelo "sistema" , que só pensam no pior, na mazela e coisa ruim!!!!

Não e' nada disso, o caminho para se fazer um cruzeiro a vela não passa necessariamente por ai!!!!!

Injeção de narcótico de terror na veia não faz o nosso tipo, nem o meu nem o da minha galera, justo por tal que muita gente diz serem os meus livros bem "light", exatamente esta e' a nossa concepção.

O lance Xará, e' que o mar tem a sua cartilha, as suas regras e' só obedecer que esta' tudo bem. O mar e' o maior amigo que nos temos. E' fiel, nos da' alimento, nos ensina como usa-lo e tem suas "manhas" , como alias, tudo na natureza.

Algumas vezes ele fica bravo, nervoso, por suas próprias razoes. E se você analisar bem este aspecto vai ver que e' a hora da renovação, da limpeza, da mexida que a mãe natureza esta fazendo propositadamente.

E você, quando recebe a sua declaração de Imposto de Renda glosada, caiu na " malha fina" ,fica uma arara e não tem nada que ver com a natureza!!!!!!!

Agora imagina transformar o mar, um vaso sanitário, privada mesmo, despejar nele "in natura" os dejetos das grandes cidades, lixo atômico, sucatas de guerra e industriais, lançar bombas atômicas, invadir seus espaços para aumentar a fortunas dos especuladores imobiliários gananciosos, como e' que fica??????

Todo o ecossistema se vê alterado, todo o seu complexo sofre profundamente e por tanto desastres terríveis vem ocorrendo sistematicamente em todo o planeta e ninguém tá nem ai Xará, cada qual esta pensando só no hoje, o amanha para as gerações que virão , não estão nem ai.

Agora imagina você, quando esta' sendo apertado pelo "sistema" ,mais impostos para pagar, sua conta de energia censurada, apagões e nada por sua culpa. Você fica processo, revoltado e nem por isto vão te chamar de perigoso, traiçoeiro, etc... Olha ai!!!!!!!!!

Agora com o mar, todo mundo que não conhece vai logo dizendo:

O mar e' traiçoeiro, e' perigoso, mata as pessoas!!!!!!!! 

Calma pessoal, isto e' coisa da Idade Media, não e' bem assim,!!!!!!

E' tudo falsa idéia, ele e' um amigão, te diz tudo direitinho. O que vai acontecer, como vai acontecer e quando vai acontecer!!!!!!

Os navegadores polinésios, os maiores navegadores da historia da humanidade, ate hoje chamam o mar de irmão. E sabe porque??????

Ele diz tudinho!!!!!! 

Agora, quem não conhece a escrita do mar e não sabe ler o que ele escreve, ai ne Xará!!!!!!!

E' o mesmo que ir fazer vestibular, só tendo concluído o Jardim da Infância, fica difícil!!!!!!

Coisa de falar de monstros de 7 cabeças, acaba em ribanceira, traições, etc., e' coisa de antes das grandes descobertas, há mais de 500 anos. E Colombo, Magalhães, Duarte Pacheco, Torres e Pinzon, mostraram ser fantasias, coisas da Santa Inquisição!!!!!!!!!

Agora, tem aqueles que não querem obedecer as regras. E' o Doto, o sei tudo, o sabichão, não esta ligado nas fases da lua, baixas pressões, dos fortes ventos, furacões, o negocio e' quebrar recordes, aparecer e posar de super- herói, bem , ai e' teimoso, maluco e o pior, passa uma imagem errada.

Quer um exemplo simples Xará, ouve esta;

No Pacifico Sul, de dezembro a marco e' temporada de furacões, assim, você faz seus planejamentos para suas travessias de abril a novembro, 8 meses Xará!!!! Você viu que a mais demorada que fizemos foi de 22 dias, olha ai!!!!!!!

Os polinésios, Xará, navegam pelas estrelas sem instrumentos. E' negocio serio, sabem pelo sentido das ondas, sua duração, tamanho, e constância, qual o vento dos próximos dias e ate com 72 horas de antecedência. 

Pela posição dos astros numa determinada hora da noite, localizam sua posição no oceano em questão de poucos minutos e fazem isto desde há milhares de anos, antes do Brasil ser descoberto!!!!!!! 

Travessia e' algo muito especial e' onde o cruzeirista a vela se realiza, esta' no seu apogeu, na sua plenitude de navegador, e' onde se esta' vivendo em parceria com a natureza e, principalmente, onde sentimos o nosso diminuto tamanho, minúscula moleca no universo, constante e em mutação!!!!!!!!

E' quando você se apercebe mais intimamente da divindade de DEUS!!!!!!

E' justo e por tal, que muitos navegadores se esbanjam de felicidade nestes momentos e preferem viver só em Travessias!!!!!!!!!

Porem, você fica o tempo todo no mar e acaba conhecendo muito pouco ou quase nada, dos locais, dos povos, onde você esta' passando. E' por isto que fazemos nossas travessias, as curtimos, entretanto conhecemos bem os locais que visitamos, as historias, lendas, hábitos e tradições. Enfim, a cultura destes povos, de uma forma mais ampla.

Completamos nosso quadro, que e' exatamente esta, a pintura maior do cruzeirista a vela, curtir as travessias, com seus sonhos, ilusões e devaneios sem perder a sensibilidade de vivenciar os povos e suas diferentes culturas, por onde se esta' passando.

Isto, e' o notável, o sensacional, o extraordinário!!!!!!!!!

E' uma universalidade de conhecimentos, e' saber, onde fazemos o curso de graduação, mestrado e doutorado na real profundidade desta palavras em relação ao mundo e seus habitantes.


Tai Xará, você navegou comigo entrou em devaneios, pintou seu sonhos, desenhou suas ilusões, sentiu você no máximo de seu interior e só numas poucas paginas deste nosso dialogo, agora imagine na realidade????????

Você e' um navegador e dos bons Xará, só que não sabia e agora já tem conhecimento!!!!!!!!

Tem um Marechal famoso, o João sempre me conta esta historia, um tal de Napoleão, bom de qualquer parte, ou algo assim, que dizia;

Todo soldado carrega na sua mochila a alma do covarde ou o bastão do herói ,o tempo e a hora e' que o fará a usar o valor certo!!!!! 

Aqui no mar Xará, eu que não sou Napo, quanto mais Leão, digo sempre;

-Todo veleiro, leva em seu bojo um navegador, sonhador e amante da aventura e seu comportamento sempre será assim!!!!!!!!!

Ta' vendo Xará, olha ai dando as minhas filosofadas!!!!!!!!

As MARINAS:

Xará, já visitamos tantas marinas, que ate me confundo. Coisas maravilhosas, incríveis, lindas de morrer, ou melhor dizendo de não se querer mais sair. Tudo certinho, limpo, arrumadinho. E' justo por isto que quando temos oportunidade de irmos para uma marina, dou logo um toque no João:

-Amigão, aqui tem uma marina de primeira, vamos para Lá'!!!!!!!

Ele neste particular nem conversa, me aproa logo para lá'.

Uma boa vaga, com forca, água, telefone, com opções para TV a cabo, Internet, bons banheiros, lavanderia, varanda, barzinho, restaurante de primeira, lojas de produtos náuticos e área para reparos de seu veleiro. Tudo de primeira (3B) e na faixa de US$200/mês,para veleiros do meu tamanho,43 pés.

Caro!!!!!!

E' não Xará, e' que você esta' vivendo em REAL, e fora da real, que perdeu a coroa e a marquesa inflação esta' chegando na corte e sendo muito aplaudida pelos nobres, que estão com seus recursos aplicados em dólares no Reino da Suíça ou Cayaman.

Assim, tudo fica muito caro e absurdo, principalmente para os plebeus, que tem que pagar as contas da nobreza, ai fica difícil!!!!!!!!

Aqui fora o padrão monetário e' outro, não há inflação, a sua vida e' estável, não existem brincadeirinhas de fim de semana, dos meninos levados da corte, escândalos, etc...

Como dissemos anteriormente, repetimos, viva seu cruzeiro a vela, sempre com este conceito; seus recursos advindos do Brasil. A qualquer tempo podem sofrer uma depreciação drástica e por tal, você deve urgente neutralizar tal situação, criando fontes alternativas de recursos, que não percam seu valor e independam das tempestades ocasionadas pela variações cambiais no Brasil.

Você e' brasileiro, Brasuca e dos bons, inteligente, inventivo, versátil, pertencente a um extraordinário povo, que só se torna abestalhado na hora de votar, de resto e' notável!!!!!!!!

Sua moeda Xará, e' o dólar americano, pense nele, faca seus cálculos na base dele, não se esqueça nunca disto. Assim você minimizara os traumas, sustos e loucuras. Pense só assim, Xará!!!!!!

Nas marinas e' onde se encontra a grande maioria dos cruzeiristas. A família, onde com calma poderá' analisar soluções que foram encontradas para problemas iguais aos que você tenha. 

A troca de idéias, de informações sobre rotas, melhores locais, etc... e' a troca de experiência.

-Olha lá João ,como aquele vizinho esta' resolvendo o problema de colocação da ancora na proa!!!!!!!

Viu que solução perfeita que aquele veleiro adotou para a ventilação da cabine ficar melhor!!!!!!!

-Bem bolada aquele melhor aproveitamento da popa que este vizinho aqui fez!!!!!!!!

E outro fator muito importante Xará, numa boa marina, você será sempre tratado como REI, tudo, mas tudinho mesmo, e' projetado, bolado, inventado, e levado a efeito para dar a você, o usuário, maior segurança, prazer, conforto e satisfação!!!!!!!!

Não se esqueça que a marina vive da sua grana, e por tal para os administradores das marinas, você e' a "galinha dos ovos de ouro" !!!!!!

Em todas as marinas que estivemos,o usuário e' o REI, e toda a administração o trata como tal!!!!!

Em Mooloolaba, onde estivemos duas temporadas, só para citar o exemplo, a marina que e' de propriedade do Iate Clube, você tem todos os privilégios e direitos iguais aos sócios do Clube. Os mesmos privilégios, já pensou!!!!!!!!

Funcionários risonhos, atenciosos, simpáticos e prestativos, treinados para satisfazer a você, o REI !!!!!!

Eles sabem e bem, que agradando ao usuário eles estarão sempre lotados, ampliando suas instalações, as modernizando e por tal, trata-lo bem e' fundamental!!!!!!!

Em Mooloolaba, se você não fizer a sua reserva antecipada, com pelo menos 4 meses, para quando chegar a temporada de alta, não vai achar lugar mesmo, de outubro a maio esta' completamente lotada!!!!!!!!

Em Bundaberg, também na costa leste da Austrália, tem uma novíssima marina, que você ira' pensar que to mentindo, mas e' verdade mesmo, juro por seu Netuno!!!!!!

A Imigração, o Customs, a Quarentena, tem escritórios na marina, cedidos pela administração, em regime de 24 horas de plantão. Não há necessidade de se sair da marina para fazer a burocracia.

Alem disto esta' revolucionando o conceito de marina, o usuário tem a disposição sem custo adicional, TV a cabo, um telefone celular, com custo normal, tanto para as ligações locais como para as internacionais, podendo se conectar a Internet com o custo de US$5.00/dia.

As 6as feiras, a Marina de Bundaberg, oferece aos usuários um farto almoço, tipo buffet, por conta da casa, "boca livre" e do melhor padrão!!!!!

O dono da marina e' o proprietário do maior armazém de pesca da cidade e como e' sabido, faz de tudo para o usuário ficar lá, pelo menos uma semana, já que Bundaberg e' um dos portos oficiais de entrada na Austrália. E o almoço Xará, e' regado a vinho branco australiano do melhor padrão, igual ao sul do Brasil.

Ai Xará, a Marina de Bundaberg esta' sempre lotada e os veleiros estrangeiros que vem do Mar de Coral, ou procedentes da Melanesia, querem fazer sua entrada em Bundaberg!!!!!!

O que, segurança???????????

Xará, segurança e' o ponto alto para o funcionamento e bom credito de uma marina. Se sumir um palito de fósforo do seu veleiro e' um DEUS nos acuda!!!!!!!
Você ganha logo de imediato uma caixa inteira, com mil desculpas, averiguações, não ira se repetir, etc...... 

Tudo na marina e' contratado com seguradoras , que dão prêmios altos a administração da marina se no período de 1 ano não houver necessidade de uso do seguro.

Em todas as marinas que estivemos, no Pacifico, não conhecemos nenhum fato de roubo, ou coisa deste tipo, pelo contrario, a maior segurança!!!!!!

Agora, não e' a segurança de guarda-costas que me refiro, e' a segurança real do seu patrimônio e por tal, todo píer tem portão eletrônico, e o seu processo de acesso, vai desde a chave comum , cartão magnético e as mais modernas técnicas, a palma da mão direita do usuário.

Você bota o maozão na telinha e uma voz simpática vai logo dizendo;

-Como vai Mr. Albuquerque????
-Seu veleiro GUARDIAN esta' em segurança!!!!! 

Ta vendo Xará, ele sabe ate o meu nome!!!!!! Fala de mim, e' o maior barato!!!!!

Assim, quando tudo numa marina funciona redondo, sem deslizes, o pessoal volta sempre e ainda faz a maior propaganda, justo como to fazendo agora.

Como e', muitos funcionários??????????

Que e' isto Xará, ai e' que esta' o grande segredo, e' pouca gente, contudo altamente competente, profissional e técnica no assunto!!!!!!

Circuito fechado de TV em toda a área da marina, com alarme e em alguns casos, as áreas de possível acesso por pessoas estranhas tem uma rede de raios laser ligada dioturnamente ao alarme

Cito, como exemplo esta marina daí de cima, a de Bundaberg, que já estivemos por lá 3 vezes e conhecemos bem. O pessoal administrativo e' composto de 1 gerente, 2 subgerentes, um náutico e outro administrativo, 2 secretarias e o chefe da segurança com 2 auxiliares, um náutico e outro administrativo.

Quantas vagas Xará????

Esta e' uma marina pequena , só com 500 vagas molhadas, mas o projeto completo, quando finalizado, ate o ano 2004, terá uma capacidade de 1500 vagas molhadas e 500 vagas secas.

Existem marinas muito grandes, verdadeiras cidades com cerca de 15 mil vagas, ai a coisa e' gigantesca. Isto ocorre mais nos Estados Unidos, como a Marina Del Rei em Los Angeles. 
Na Austrália e na Nova Zelândia, as maiores tem um total de 3500 vagas molhadas e são consideradas marinas de grande porte.

E ainda tem mais algumas coisas, a marina fornece diariamente a previsão do tempo na sua área, ventos, forca e sentido, condições de mar e tábua das mares.

O sistema de telefonia celular e' o grande lance. O usuário recebe um telefone móvel, tipo celular, que o mantém em contato direto com a administração, para todo tipo de informações. Alem disto pode ser operado para chamadas locais e internacionais, com o custo normal e será pago quando de sua partida na conta final, ou mensalmente se sua estadia for superior a um mês.

Através do telefone móvel, você, se tiver computador no seu veleiro, estará conectado a Internet automaticamente, e o provedor e' a própria marina, o custo deste serviço e' de US$ 5,00/ dia, como colocamos acima e independente do tempo que você use a Internet.

Foi o local de preço mais barato que o João pagou pela Internet!!!!!! 

Assim Xará Marina e' o local ideal para parar seu veleiro. Alem disto quando a marina e' famosa acontecem Feiras Náuticas anualmente. 
Bem, quanto a isto e' chover no molhado pois o RIO BOAT SHOW na MARINA DA GLORIA , promovido pela REVISTA NÁUTICA e' fantástico, nada devendo aos grandes eventos internacionais, pelo contrario.

O Biiita e o João participaram do RIO BOAT SHOW, respectivamente em 1999 e 2001, eles voltaram para mim maravilhados, com a organização, assistência e o alto padrão profissional deste evento, coisa de fazer inveja ao dito primeiro mundo!!!!!!



Como e' a forma de pagamento nas marinas????????

Fácil Xará!!!!!

Com qualquer cartão de credito, cheque da mesma parca ou espécie. No caso desta marina de Bundaberg, ela tem convênio com o WESTPAC, aquele Banco que te falei no inicio de nossa conversa. O João abriu a conta dele justo nesta marina, só com o passaporte e recebeu de imediato um cartão de debito e conta, valido em toda a Austrália e em diversos países do mundo. Assim acabou aquele sufoco de ter muita grana a bordo etc... Ele faz compras e faz os saques nas maquinas de saque eletrónico, que por aqui se chama ATM.

Esta marina dispõe de uma mini agencia bancaria que faz tudo isto e de cortesia, gratuito mesmo.

Ate hoje o João esta' utilizando este sistema e tem funcionado redondo, o maior achado.

Todas as marinas, tem anexo o pátio de manutenção e reparos, com oficinas de serviços em madeira, fibra, chapa, pintura, eletricidade, eletrónica e mecânica, alem de um bom serviço de estofamento e capotaria. Lojas com os mais diversos produtos náuticos e um guindaste travel lift, para levar seu veleiro para o seco.

Os usuários da marina quando usam estes serviços tem descontos especiais.

Assim, tirar o veleiro uma vez por ano, dar um bom trato, se torna uma constante, em 4 dias se retorna a água e pronto para mais um ano de navegadas.

Assim e' comigo, Xará!!!!!!

Todo ano vou para o seco, checagem geral no meu fundo, limpeza com jato de água, pintura venenosa nova, e assim não tenho nada agarrado no meu casco. Por isto, sempre velejo e deslizo bem no mar.

Caro?????
Que e' isto Xará!!!!!

Estes 4 dias, se tanto, não custam mais de US$150, isto em locais de preços mais elevados, o normal e' US$15 a 20 /dia, com tudo incluído, guindaste, cavaletes de apoio, escadas e andaimes e ainda há o seguro incluído no custo, qualquer acidente e' coberto pela seguradora da marina imediatamente. Assim, eles se esmeram em cuidados com seu veleiro, ate melhor do que o usuário.


Bem, agora que você já esta' um pouquinho mais por dentro de marinas, pelos menos os pontos principais , vamos para o tema final deste capitulo de nosso papo.

AS ANCORAGENS:

Há locais , quando em ilhas ou enseadas, ainda muito nativas, onde se encontra aquela palhoça tosca, a beira de uma bela praia de areias brancas, coroada por uma tiara de corais, com as folhas dos coqueirais bailando a brisa do mar, de águas cristais e transparentes, vazia e sem ninguém, onde e' um privilegio estar ancorado. 

Que sonho em Xará, isto e' para agucar a sua mente!!!!!! 

O sistema de ancoragem se estuda antes, tipo de fundo, se areia, pedra, corais, cascalho, etc...o vento predominante, as mares e os aspectos que são fundamentais para um bom fundeio. Assim, os guias náuticos complementam as informações constantes das cartas náuticas com todas estas preciosas informações, afora aquelas que você colheu nas marinas, da família cruzeirista.

Mesmo assim ainda existe aquela checada por conta própria, não se chega e sai logo jogando a ancora!!!!!! Tem aquele "namoro" , ver o melhor local, se o vento rodar, onde o barco ira parar, coisas deste tipo. Quando tudo foi analisado e bem, e' que se joga o ferro n'agua.

A minha ancora e' do tipo CQR, aquela que lembra um arado, com 100 metros de corrente. E o João já pintou ela de branco, de modo que do meu convés, podemos localiza-la facilmente onde ela se encontra.

Assim, fico mais seguro que coco de cachorro na sola do sapato, só que sem aquele cheirinho desagradável!!!!!!!!!

Vai perdoando ai a brincadeira hein Xará!!!!!!

Este e' o meu negocio, me divertir, brincar, estar alegre, ser simpático e assim to sempre na farra e não iria conversar com você de maneira diferente, só porque e' livro!!!!!!

Nada disto Xará, com livro, ou sem livro, esta e' a nossa vida, bem feliz, na descontração.

Você tá chegando do trabalho cansado, sufoco de transito, paciência no limite, o nosso papo tem que ser descontraído bem "light" tirar você literalmente do pesadelo, torna-lo leve flutuando na poltrona, afinal você e' o meu Xará, meu amigao do peitaco!!!!!!!

Daí, você vai lendo, se divertindo, rindo sozinho, quer dizer comigo, mais a galera não tá sacando e nem sente o tempo passar, ou seja, tomou conhecimento de muita coisa, se empolgou, sonhou, entrou em "alfa" e ainda tá me conhecendo melhor, valeu ou não valeu???????

As vezes a grana apertou, surgiu um problema no Brasil, como sempre, que você não esperava e tem que fazer uma economia. Coisas que não agradam mas não tem jeito, aquelas historias dos economistas do governo, tirando o coelho da cartola, da sua lógico, eles nunca tiram coelhos da cartola deles. Ai o negocio fica feio!!!!!! Mais taxas, impostos, aumentos, etc...

........Mas esta' tudo em perfeita sintonia com o Governo, a conjuntura favorável ,o pais em ordem, os indicadores apontando maior nível de emprego, a segurança só afetada em pequenos redutos de criminalidade, que esta' sendo minimizada com toda severidade pelo Governo, a saúde acompanhando fielmente os indicadores internacionais, educação e saneamento em sintonia com o plano de desenvolvimento proposto, tudo dentro dos parâmetros de modernidade que me propus ao assumir o Governo...........


Chi!!!!!!!
Roubaram o carro do Presidente da Republica!!!!!!

Ue!!!!!!!
Mas não estava tudo bem!!!!!!!!!

(Pega leve GUARDIAN, você vai acabar me complicando, o livro e' seu, e' teu o papo com o Xará, mais a minha lata e' que tá na reta!!!!!!)

Ta vendo Xará, ele me diz as coisas e depois quando saio repetindo, na intimidade com você, ainda me passa um pitu!!!!!!!

E' Xará, o negocio fica difícil quando vem os sustos do Brasil, daí não tem jeito a ancoragem e' uma grande saída, parceira e amiga!!!!!!!!!

Nas ancoragens, quando perto de pequenas cidades, sempre se tem o necessário para se viver, os guias náuticos informam tudo sobre estes detalhes. E você, acaba sabendo das coisas que também são transmitidas por outros cruzeiristas.

Vou ate te contar um lance que aconteceu comigo, para você ter uma idéia. Já toquei com você por alto. Mesmo assim, agora vamos mais dentro do assunto.

Quando estavamos na Nova Zelândia, pintou o lance da cirurgia delicada da Biiita, a grana tinha que estar lá com ela, foi o maior sufoco, mais preocupante com ela que com a grana!!!!!!!!!

O João nem dormia , ficava com ele batendo longos papos ate o raiar do dia ,para distrair meu amigao, que estava com a cabeça a mil. Vez por outra sentia aquela aguazinha salgada e que não era do mar, rolar suave pelas suas barbas brancas, e caindo em cima de mim !!!!!!!

Foi dureza Xará!!!!!!

E como meu nome e' GUARDIAN, tinha a obrigação de proteger minha galera e logo a Biiita nem se fala!!!!!! 
E dei aquela forca!!!!!!!! 

Toda noite tinha reunião da "Comissão Executiva dos Anjos "para solucionar urgente o caso da minha Biiita!!!!!!!


Pois bem, ficamos ancorados . A cada três semanas íamos ate o pier do Iate Clube de OPUA, água de graça e como na época, ainda não tinha gerador, usávamos as lamparinas e poupávamos as baterias e o diesel, justo como você ai na cidade esta' fazendo!!!!!!

Só a cada 4 dias e' que ligavamos 20 minutos o motor, para que tudo sempre estivesse de acordo.

E nem por tal se acabou o cruzeiro, a única preocupação era a Biiita. E toda a família cruzeirista junto com a gente dando o maior apoio e forca. 

E, como PAPAI DO CÉU, e' nosso do peito, as nuvens pesadas se dissiparam e hoje esta' tudo legal. Céu estrelado e mar chão, passado a ferro!!!!!!!!

E' por isto que todos nos ficamos umas araras quando a Biiita tem que ir ao Brasil!!!! 

Ou seja, a ancoragem pode ser também uma forma de se economizar quando as coisa apertam. E não e'sempre Xará, só quando aparecem imprevistos ou então você esta' explorando locais maravilhosos.

Ancoragens e' isto ai, Quando o lance da grana tá curta, ou o local sem marinas. 

No nosso ultimo cruzeiro pela Melanesia, que a REVISTA NAUTICA de dezembro de 99, deu aquele show de matéria, não fizemos outra coisa que não ancorarmos, pois marina só em Noumea, capital de Nova Caledonia e o pier em Porto Vila Capital de Vanuatu, o restante foi só ancoragens, em baias e locais maravilhosos.

Tem só um lance que vale contar e te dar a dica , para quando chegar a sua vez você já estar por dentro;
Junto de catamara, ou multicasco, nunca ancorar. O calado destes veleiros e' muito menor que o do monocasco e assim se torna perigoso. Eles vão a locais mais rasos.
Isto e' fácil de entender, ate mesmo para alguns políticos!!!!!!

Por falar em políticos, também tem nas ancoragens o lance da "demagogia" . Tem veleiros, monocasco, que tem a quilha retratil e diminui o calado e ele pode estar ancorados em locais rasos . Assim e' sempre recomendável dar um toque via radio VHF, como quem não quer nada e perguntar ao veleiro amigo como esta' a ancoragem, etc... e o tal lance do "seguro morreu de velho" e não corre nenhum risco desnecessário.

Coisa de quem tem cuidado com seu veleiro, nunca querer dar de "gato-mestre", sei de tudo, sou o bom, sou o melhor!!!!!!!
Isto ai Xará, no mar trás um peso terrível, o lance e' humildade, acima de tudo e Seu Netuno, o dono do pedaço, não gosta deste tipo de coisa.

Normalmente o que ocorre e' que você vendo veleiro ancorado, em 90% dos casos o local e' recomendável para isto. 

A minha galera já aprendeu alguma coisa sobre ancoragens e estão sempre ajudando a outros cruzeiristas quando chegam aos locais que eles estão ancorados, dando as dicas etc....

E' a lei do retorno, e quando ela vem, e' do melhor tipo, sempre tem gente amiga no meu deck, todos gostam de nos Brasucas, deixo sempre na minha esteira de espuma , quando zarpo, abraços, saudades e amizades feitas para toda a vida...........

No mapa da minha cabine, onde esta' marcado o local que estivemos , pode se notar umas estrelinhas e tem de montão. Sabe o querem dizer, Xará??????

Que lá foi dos bons locais de nosso cruzeiro!!!!!!!

Assim, estamos sempre em paz, só plantamos amizades e simpatias e colhemos , lógico, saudades de gente amiga e mais que isto, tem muita gente na torcida por mim e minha galera, o pensamento positivo, o desejo que tudo corra sempre bem em nossa viagem. Que não tenhamos problemas ou dificuldades e se houverem, sejam contornadas e superadas facilmente.

Chi Xará, olha ai novamente querendo adiantar as coisas. Este tema e' que vou conversar agora com você, no próximo Capitulo.

Reportagem : João de Albuquerque (O Sombra)

João Francisco Sombra de Albuquerque (O Sombra) viaja com sua família pelo mundo a bordo do veleiro Guardian. Mensalmente ele escreve matérias de suas aventuras para a Revista Turismo. Acompanhe sua Saga!