Capítulo III - Meus gastos de manutenção

Voltar

E como você ta agora Xará, gostando do nosso papo????
Vendo que as coisas não são tão complicadas e apreciando, se divertindo, com a vida de cruzeirista à vela.
Epa!!!! Calma gente boa!!!!
Espere chegar até o fim de nossa conversa para comprar o seu veleiro!!!!
Ah! Ah !Ah !
Esta foi legal hein Xará. Te peguei desprevenido !!!!!!!
Bem, vamos agora conversar uma coisa muito importante, esta que muita gente acha complicado, não gosta de falar, enrola, etc... 

Não é nada disto, manutenção é fundamental e saber seus gastos mais ainda. E tudo tem seus macetes e dicas. Como a moçada diz ai no Brasuca, tem suas “manhas”!!!!!!!!
Então, vamos lá!!!!!!
Você tem uma casa ou apartamento, mesmo que não esteja lembrado, faz sua manutenção. Quando é casa é o jardim, aparando arvores, grama, tratando da piscina, checando as instalações elétricas e hidráulicas, etc...

Quando apartamento, pintura de paredes, estofados das poltronas novos, lavagem dos tapetes, dedetização, condomínio, etc...
E veja bem que tem gente que mora longe do mar e não sofre do problema da maresia e salinidade.
Nos não!!!!!! No veleiro é bem diferente, você está dentro do mar, eu to n’água Xará!!!!!!! Assim, a minha manutenção é fundamental e permanente, um dos pontos mais importantes da minha rotina e que se deve ter a máxima atenção.

Muitas pessoas acham porque somos de madeira, temos mais manutenção que outros veleiros, de fibra ou chapa. Não e bem assim, tem é muita historia por detrás disto!!!!!
O que tenho visto é todo mundo sempre cuidando de seus veleiros e até algumas vezes, muito mais que nos. A verdade é que a gente sempre está levando um trato de nosso pessoal e quanto mais nossa galera gosta da gente, mais nos deixam “tinindo”.

O João é um caso a parte , ele é “maníaco”, ta sempre vendo alguma coisa para me melhorar, detalhista, arquiteto, você já viu, ne Xará, não precisa dizer mais nada.

Eu adoro, porque tenho umas bolacoes incríveis e ai é que ta a vantagem. Ele e o Atila, estão sempre vendo coisas interessantes nos outros veleiros, para colocar em mim.
Eles fazem adaptações, bolam coisas e lá vou ficando mais bem preparado.
Tenho que estar sempre sendo checado em algumas coisas que são prioritárias.

E quais são elas:

1 - O meu motor. 

Deve sempre estar sendo checado e re-checado.

Troca de óleo, filtros e correias, nos tempos certos e datas certas.

O meu motor é um PERKINS 4107, diesel. E a cada 100 horas trocamos óleos e filtros.

As correias, a cada 300 horas, tudo novo, independente do estado. É que nem avião, tira e coloca nova.

Agora no meu motor, já temos muitas pecas novas, algumas até cromadas, para não grudar muito óleo, to todo com graxa especial, antiferrugem e bem protegido. Alem disto, fico muito bonito, aquela aparência de novo.

2- As minhas velas.

Tenho que estar sempre sendo checado nas minhas velas, a mestra(a vela maior) que fica dobrada e com capa de tecido especial, quando estou nos portos e marinas e a Jib,(aquela vela da frente), que fica enrolada e por tal na sua borda, tem uma faixa do mesmo tecido de portecao, que quando enrolada protege a vela.
Porem quando fazemos algum serviço de pintura no convés, no mastro, ou vamos ficar algum tempo sem velejar, tiramos e guardamos as velas, é bem melhor. 

A manutenção das velas é relativamente pouca, uma costura, lavagem e secagem, estar sempre nos seus sacos próprios, e guardadas em locais secos.

Normalmente o serviço de manutenção de minhas velas é feito nos portos ,em velerias especiais,com profissionais especializados.

Agora com as logomarcas de nossos parceiros na vela mestra, temos que ter muito cuidado e atenção. Dobrar a vela mestra nas suas marcas sempre, que deixa a logomarca sempre na mesma dobra e não cria problemas de descolagem do tecido especial que é muito caro.  

3- A parte elétrica ,hidráulica e eletrônica.

Em termos de instalações e eletrônicos, a manutenção preventiva é o segredo, sempre se dando banho de spray anticorRosivo em tudo, principalmente nos terminais ,elétricos ou eletrônicos, que adoram ficar com aquela cor “verdinha”. Daí, viu “verdinho”, limpa e bota spray. 

No porto, todos os fios , painéis, conexões, etc... São checados, cada sistema é visto de ponta a ponta.

Agora com computador, o negocio ficou ainda mais serio, temos capas próprias para cobri-lo e sempre pastilhas antiumidade dentro dele.

4- A pintura e o verniz.

Este é o grande segredo do barco de madeira, se a pintura é bem feita, fica impecável e dura muito tempo, cerca de 4 a 5 anos. Já o verniz é diferente, qualquer descascado e boto logo a boca no “trombone”, como tinha um Senador ai no Brasuca ;

-Olha o meu verniz seu Atila!!!!!!!

Claro que não ia falar de escândalos da SUDAM e de PAINEIS, coisa que nem sei o que é. Só  sei que  a galera Brasuca que pintava em cima de mim, dizia cobras e lagartos, do Seu Trombone e Seu Bardalho, será que é este mesmo o nome?????

Bem, mais voltemos a minha manutenção que destes lances não gosto muito de falar, fico encabulado, pois afinal sou Brasucao e estas coisas são tão feias.....

No inicio, usávamos o verniz da Internacional/Epiglass, como toda a tinta que usamos em mim é deste fabricante. Ate que descobrimos o verniz da “Rebeca”, quando então mudamos.

Este verniz da “Rebeca”, demora mais, é mais bonito e mais barato, aquele 3B, bom, bonito e barato!!!!!!!! Nosso verniz agora ta legal, dura quase 2 anos é igual vidro e o meu mogno fica avermelhado, lindo de morrer e não com aquele amarelo feio que lembra coc.....

5- Diversos
Sim, Xará, sou todo atapetado, com a minha cabine tendo um clássico tapete azul marinho, removível facilmente e protegendo o verniz impecável do meu piso.
 
O tapete é sintético e pode ser lavado a qualquer hora. Mesmo assim, sou igual casa de japonês, entrou, deixa o sapatinho de cristal do lado de fora.
 
E meu pessoal vai logo dizendo;
- Sapatinho lá fora!!!!!!!
 
Eu acho a maior graça, mas tem que ser assim mesmo, para que esteja sempre impecável.

O meu casco é sempre vistoriado, hélice, eixo, entradas d’água, para o toalete, refrigeração do motor, lavagem do porão, etc...

Todo ano, vou para o seco, levo uma lixada geral no meu fundo ,abaixo da linha d’água e recebo uma pintura de tinta venenosa, estou sempre limpinho, sem cracas, algas e parasitas.

Você nem vai acreditar Xará!!!!!!

São as minhas linhas clássicas, tão bonitas, que  quando estou no seco,   fora d’água, vem o pessoal e tira fotos de mim. E, conversa, nem se fala, o João e o Atila, tem que explicar tudo direitinho, sobre a minha historia e do meu estaleiro.

Bem, tudo isto que coloquei nos 5 itens, lógico, não é de graça, custa grana!!!!!!!

Assim, o João faz o seguinte, todo mês separa US$500, para a minha manutenção. Tem mês que não gasto nada, mas fica lá no “caixa”. Quando chega a hora da manutenção braba, olha lá a grana toda à disposição!!!!!!

Daí ,dá e sobra ,para a manutenção e a cervejinha de lei, na hora do descanso.

Tomar cerveja antes, usando a grana da manutenção é o maior risco. É como comer a merenda antes da hora do recreio, não come direito, porque fica prestando atenção no Professor e na hora do recreio não tem mais merenda, vê todo mundo mastigando, curtindo e fica com o dedo na boca e aquela cara de otário.

Assim, dinheiro da manutenção é sagrado, intocável e todo mês lá na “caixinha”!!!!!!!!

Ainda há outras coisas que devem ser olhadas com carinho, por exemplo os meus estofados e agora com mais experiência, já sabemos dos macetes, tudo em sombrela blue ,um tecido especial, que nos usamos na cor azul. Um tecido que resiste bem ao sol, água doce e salgada, lava bem e só tem vantagens. As minhas almofadas antes de forradas, com a sombrela , que tem zíper, são forradas com plástico, ou seja nunca entra água na espuma, um macete que protege as almofadas as tornando muito duráveis.

Outro detalhe é que as almofadas de dentro da cabine, jamais, nunca em hipótese alguma, podem ir para fora.

O mofo a gente combate com bolinhas de naftalina, não há nada mais barato e eficiente.

Sempre sou checado para ver se tenho goteiras. E cá entre nos, quando aparece alguma vou logo avisando. E ai o silicone , ou sikaflex, fazem o seu trabalho direitinho e sem problemas.

Como sou de madeira, meu maior inimigo é a água doce, ou da chuva, que pode me apodrecer. Terrível, não é??????  Assim, to sempre ligadão e a minha galera também, evitando qualquer problema com minha madeira.

É gozado ,na fibra tem a “osmose”, na chapa “eletrolise”, assim na madeira tem a “podrose”!!!!!!

Assim Xará, você já viu, manutenção é fundamental em qualquer tipo de veleiro.

Agora, quando estou limpinho, arrumadinho, pintado de novo ou com polimento, cheiroso, com aquele cheirinho de perfume indiano, ai é uma beleza!!!!!

Pois é Xará, agora v ta me vendo arrumadinho, legal não é?????

Bem, agora é só nos visitar!!!!!

Chi!!! Ia me esquecendo!!!!!! A grana ta curta, faltando grana e sobrando mês!!!!!!

Você já está no vermelho, né Xará???? Que coisa chata!!!!!!!

E, ainda tem a prestação do carro, colégio das crianças, medico, dentista, que bronca hein!!!!!!!!!

Ta esperando o que Xará?????? Se manda, aqui o lance é bem diferente, você é livre!!!!!!

Tudo isto que nos aqui fazemos na manutenção, ai você contrata, paga os outros para fazer. Aqui não, passa a ser prazer, alegria, você mesmo cuidar do seu veleiro. É o tal lance da amizade pelas coisas, tempo para se dedicar plenamente ao que é seu, você agora tem tempo e de sobra para isto.

Aquilo que O PEQUENO GUARDIAN conversava com o gigante Nanu!!!!!

Ue!!!! Como????? Que conversa é esta?????

Você não leu O PEQUENO GUARDIAN?????? Não me diga!!!!

Pensou que fosse livro de criança?????

É mesmo Xará, para criança dos 8 aos 80 anos, legal, né!!!!!!! 

É uma historia legal, Xará!!!!! Principalmente neste tópico, a amizade das pessoas por suas coisas de estimação.

Se você não leu ta perdendo!!!!! E se já leu, bem, agora você está entendendo bem mais o que estou dizendo.

Deu para entender de manutenção?????

É claro que falei por alto, mesmo assim,  estou colocando alguns formulários que o João fez para mim, a fim de acompanhar certinho os meus programas de manutenção.

Com o tempo  a gente se habitua a manutenção e se torna prazer, você quando tiver o seu veleiro vai compreender bem.

O que, você já tem veleiro!!!!!! Beleza Xará, como é o nome????

Não se esquece de me enviar uma mensagem com o nome de meu novo irmão, falo Xará!!!!

Já tenho muitos amigos;

O JORNAL, RIOLE, ACAUA, SETE ESTRELAS, ARRIA SAIA, VIDA MANSA, SUNSHINE, e ainda tem muito mais, tudo irmão do peito.

E ainda tem a gringalhada toda que está comigo faz é tempo!!!!! É tanto nome que até acabo esquecendo, mas dos Brasucas da Silva, estes estão do lado de bombordo, vermelho e do lado do coração!!!!

Bem, vamos continuar nosso papo, agora será??????

Tchan!!!!! Tchan!!!! Tchan!!!!!! Tchan!!!!!!!

Reportagem : João de Albuquerque (O Sombra)

João Francisco Sombra de Albuquerque (O Sombra) viaja com sua família pelo mundo a bordo do veleiro Guardian. Mensalmente ele escreve matérias de suas aventuras para a Revista Turismo. Acompanhe sua Saga!