Capítulo II - Conversando com o Guardian

Voltar

Você nem vai acreditar Xará!!!!!

O Oceano Pacifico é indescritível,eu nasci nele,daí já o conhecia um pouco,lá na Califórnia dava umas velejadas,porem nada de marzão,sem ver terra muitos dias.
Agora é bem diferente,já conheci quase todo o Pacifico Sul.Este negocio de Pacifico Norte,só nas Ilhas Hawaii, ou junto ao Equador.

Foi exatamente para o Hawaii,que fizemos a primeira navegada longa,a nossa primeira travessia.
Saímos de San Diego,rumo a maior das ilhas havaianas,conhecida como “BIG ISLAND”.Foram 17 dias navegando no marzão,meu batismo e o da Família.O João já tinha velejado toda a costa do Brasil,Capitão Amador há mais de 20 anos,já sabia das coisas,de resto,fomos aprendendo tudo com ele ,desde o comecinho.

Eu achei o maior barato!!!!!
Fomos deixando o frio,pegando o sol,curtindo o mar,o céu à noite,carregadinha de estrelas,ficava até paralisado de tanta beleza.E ,quando olhamos ,estávamos chegando a grande ilha,cujo nome real e Ilha Hawaii,que dá o nome ao arquipélago.
O Hawaii Xará ,é demais!!!!!!!!

Calor ,sol,águas lindas,só que no verão,não tem muito surf,que o Alexandre e o Atila ,são fanáticos.
O Atila,você nem sabe,vou te contar.Ele é um dos Brasucas que já surfaram as ondas gigantes do Hawaii,em Waymea,tem até foto e filme.

No dia que ele dropou Waymea,na temporada de 1996,morreu um californiano famoso na mesma onda que ele desceu,foi um lance terrível!!!!!!
Ele é amigo de toda a galera  por lá, Cesinha,Mozart,André da
Montanha, Heitor, Juliao, tem até camisa com dedicatória do Greg Noll e conhece o pessoal da pesada.Ate Jiu-Jitsu ele fez lá com o Relson Gracie,o Professor Reh,como eles chamam.

Você sabe,este negocio de surf e jiu-jitsu  agora é moda no Brasuca.Me diz lá Xará,o que você acha,é legal ou ta deixando a mocada muito valente e encrenqueira???
No Hawaii é sempre bom saber se defender,porque os locais gostam de colocar os “houlee”,como eles chamam o pessoal estranho,para fora do mar,com os Brasucas foi complicado.O negocio foi pauleira e hoje quando eles sabem que é Brasuca,pegam leve,não gostam de encarar.
Povo valente,guerreiro e com raça,igual a eles,daí tem o lance do respeito.

E você Xará,já foi ao Hawaii???Se não,pelo menos em fotografia conhece!!!!!!!Mas fica frio,gelado,pois quando você tiver o seu veleiro,com toda certeza irá dar um roleh por lá!!!!!
Daí,se comunica comigo que te dou muitas dicas e macetes,falo!!!!!!
No Hawaii,visitamos e velejamos todas as ilhas,fizemos amizades com um montão de gente e chegou a hora de “puxar o barco” e lá fui eu conhecer a Polinésia Francesa.

Outra travessia e esta totalmente diferente,descendo o Pacifico,cruzando o Equador.Foram 22 dias,a mais longa que já fizemos e a mais bela também,parecia um sonho.Lógico,obedecemos às épocas das travessias,que é a nossa lei e não abrimos mão disto.Só navegar nas épocas certas,quando não tem furacão,grandes mares,etc...  

O nosso negocio é diversão,prazer,curtir,nada de correr riscos desnecessários,quebrar recordes,etc.Estamos fazendo um cruzeiro à vela,não estamos disputando troféu,prêmios ,fotos e poses.Isto não é o nosso pensar.
Chegamos as Marquesas!!!!!!
Xará!!Você vai ficar de queixo caído.Um paraíso,todo mundo feliz e a Polinésia dando o seu recado,o seu toque de encanto,Um sonho!!!!!

Marquesas,Arquipélago de Tuamotus,Tahiti,Moorea,Tetiaroa,as ilhas todas da Polinésia Francesa e seus tons de azul,verde e poente inesquecíveis.
Depois as Ilhas Cook e a nossa estada em Palmerston,um dos pontos altos de nosso cruzeiro.A ilha de Niue e suas cobrinhas d’água,inesquecíveis,Tonga,etc.....

Sim,você já leu o meu primeiro livro,O GUARDIAN VELEJANDO O PACIFICO????
B
em Xará!!!!Claro!!!!!Que mancada,fazer logo esta pergunta a você,gente fina que Esta por dentro das coisas,vai perdoando ai este fora.

O que, não sabia!!!!!

Não tem problema Xará,isto se resolve rapidinho,entra em contato com o Carlos do “RIOLE
”, este meu irmãozinho do Prefacio,ou com o Álvaro Otranto da Livraria Moana ,gente fina e amigo também,que o assunto ta resolvido.Ainda te dou abaixo as direções via internet:

www.rotadocha.com

www.livrariamoana.com.br


Viu só Xará!!!!!Estamos longe mais temos grandes amigos Brasucas ,nem te conto.E agora mais um.Lógico,você!!!!!!
Ai Xará!!!!!É um prazer e honra ser teu amigo,ta sabendo!!!!
Pois é Xará,o Pacifico é um Oceano muito camarada,curtimos bem e é uma grande escola,onde se aprende muito.Atenção aos detalhes,o que ele nos diz,a sua escrita e vai se aprendendo a ser amigão do mar.
No Pacifico,ao encontrar outros veleiros de cruzeiro,íamos vendo muita coisa,detalhes e fazendo as adaptações em mim e fui melhorando.

Quando me lembro da saída de San Diego.E como estou hoje,foi uma evolução incrível.Tenho até computador,já pensou!!!!!!
O legal é que a mocada cruzeirista é gente boa,todo mundo amigo,ajudando,dando dicas,informando,gente da melhor espécie.Sabe como é,todo mundo é irmão,sem invejas ou coisa deste tipo.
Viver assim é legal,não é mesmo??????

Quando você tem alguma duvida,algum problema para resolver,todo mundo se junta ajuda como pode.Cada qual faz o que sabe,ate apoio moral e do bom aparece.E sem essa de querer aparecer,se mostrar.etc...Ajudar por ajudar!!!!!!!!!
À parte que mais gostei do Pacifico,onde pouca gente ai no Brasuca conhece,foi FIJI,NOVA CALEDONIA,VANUATU e SALOMAO; a MELANESIA.

Um local maravilhoso,que adora Brasucas,estávamos em casa,foi dos grandes momentos de nosso cruzeiro.
Alias,nosso livro,O GUARDIAN NA MELANESIA,o segundo livro da minha serie, Esta repleto de interessantes historias sobre este local,que resolvemos chamar de “AS ILHAS ENCANTADAS”!!!!!!  

L
ógico,que todos os lugares foram formidáveis;polinésia Francesa,Tonga,Nova Zelândia,com seu povo Maori,que se empolga com Brasuca.A Austrália,gente muito similar a nos ,foram experiências fantásticas. 

Mas, a Melanésia!!!!!!Ah!!!!!A Melanésia!!!!!!As Ilhas Encantadas!!!!!!!Xará,você ia ficar babando!!!!!!
Sim,você já ouviu falar destas ilhas????
Vanuatu é as antigas Novas Hebridas,hoje um país independente.Lá tem um pessoal que faz uma coisa incrível,são os homens voadores,que saltam de torres altíssimas,construídas com galhos de arvores e com cipos amarrados nos tornozelos,quase chegando ao chão eles seguram o saltador.Foi onde se originou o “Jumple Cable” moderno. 

O pessoal da Ilha de Pentecoste ,em Vanuatu,e só nesta ilha, pratica este salto há milhares de anos,tem algo místico no negocio.E,só no mês de maio,quando o cipó tem a umidade adequada,que  faz com que trabalhe como borracha.Nas Ilhas Salomão foi demais,tem naufrágio de guerra para todo lado,coisas ainda intocadas,mergulhos extraordinários.

A galera toda aqui mergulha muito,faz caca submarina,nada de tanque ,isto só para as emergências no meu casco,fazer fotos de locais submarinos ,como em Salomão.
Sempre temos muito peixe ,lagosta,frutos do mar,etc...em cima de mim,eles fazem uns pratos que gostam muito.
Eu!!!Bem,comida não é muito o meu negocio,também tenho a vantagem que não preciso ir ao banheiro,não é verdade!!!!!

F
ico curtindo o visual ,que é legal e, lógico,na torcida por eles,que se divertem muito e voltam sempre com pescado e conversas gozadas de pescador.
Estes pescadores são gozados,estão sempre vendo peixes gigantes,já pensou?????
O Oceano Pacifico,tem historias para todo gosto e feitio.Umas meio brabas,de colonização,que mataram muita gente,porque sumiu um prego no navio,coisa que não entendo muito,acho até meio estranho.Um local tão lindo,gente acolhedora e os colonizadores matando gente finérrima,que os receberam tão bem!!!!!!!
Só sei que tem coisa de colonização e religião.Uma moçada que se chama de missionários,que dá um nó na minha cabeça!!!!!

A religião não é dos “amai-vos uns aos outros”?????Como é que pode???????          Bem,deixa para lá Xará ,vamos continuar com nosso papo!!!!!
Sim,nas ilhas Marquesas,a gente riu como nunca,com os “peladinhos de Hiva Oa”,que este papo de colonizadores me fez lembra e você vai se amarrar.
Estávamos numa baia,calma,na ilha de Hiva Ao,onde viveu aquele pintor famoso,Paul Gaugin,você manja,não é!!!!!!

Gente boa o Gaugin,pintou quadros ,tomou uma birita empurrada e pintou até o sete!!Tinha uma porção de “vahines” (mulheres),coisa que não se conta muito nos livros,alias os tais livros de historia são gozados,só contam as meias verdades,ou as verdades que interessam contar.Só sei que o Gaugin era chegado a umas sinuosas e tangentes e bem espertinho.

Bem,nos estávamos lá ancorados e a minha proa  tinha um belo veleiro francês,um “Benetteau” ,um barcão ,muito bonito,arrumado e mesmo sendo de fibra,era gente fina e começamos a bater muito papo com ele.
O pessoal dele,3 casais,andavam no veleiro peladinhos,sem nada mesmo,com os balangandas e baratinhas para todo lado e não estavam nem ai.Era gozado,todo mundo ficava achando alguma coisa para fazer no convés dos veleiro ancorados,Eu ria de me arrebentar!!!!!!
Mas , o gozado mesmo é que na encosta da montanha ,em frente a baia ,tinha um quartel da “Gendarmerie”,estes nomes franceses me enrolam todo,até que este saiu legal!!!!!
Os soldados não saiam do muro do quartel e todo mundo de binóculos,acho que o serviço parava totalmente.
Daí ficava pensando......

O
s locais viviam assim,todo mundo peladinho,até que chegaram as caravelas,religião ,lei,ordem,pecado,etc...Saíram botando roupa em todo mundo até o pescoço,meia até para tomar banho de mar.E, os anos ,séculos,se passam e agora chegam as modernas caravelas,rápidas,com tudo,luxuosas e diferentes.Os franceses, os mesmos,estão rindo, sempre alegres,sem dar tiros e peladinhos,exatamente como viviam os antepassados locais.

Mas não era pecado?????O Capeta não buscava?????Como é que fica agora??????

B
em,só tem um jeito de pensar,ou estes europeus são malucos ou acabaram caindo na real!!!!!!!!!!
A
cho que são malucos mesmo,doidos de pedra,que colocaram até bomba atômica na Polinésia Francesa,no paraíso e ficou o dito pelo não dito,todo mundo berrou e esperneou, e não adiantou, a bomba explodiu!!!!!!!
E bem a propósito,isto que  é  ato terrorista ,impensado e contra não um pais ,mas contra toda a humanidade!!!!!!!!!!

Xará,eu tive lá,o local é lindo,incrivelmente maravilhoso.E agora é um deserto,não tem mais vida,tudo morreu em cima e embaixo d’água.
Os estudiosos acreditam,serem necessários no mínimo 2 mil anos, para a vida se iniciar novamente e tão pouca gente sabe disto.
Estes franceses,heim Xará!!!!!Que coisa feia!!!!!

Pois é Xará,este é o Pacifico,historias,que você leu,ouviu contarem e no cruzeiro a vela ,se vive as coisas como estas que narrei.Muitas historias interessantes,que você iria se apaixonar,como eu e minha galera.E ainda há muito para ser vivido e conhecido,você nem irá  acreditar.
O que aprendi e minha galera também ,é que sempre cada veleiro que faz seu cruzeiro pelo Pacifico,terá suas próprias historias,seu relatos e fatos diferentes,pois cada tempo ,épocas e barcos que vivem neste grande Oceano Pacifico,são diferentes e cada qual lavará suas próprias historias,lembranças,fantásticas ,maravilhosas e inesquecíveis,para cada um de seus tripulantes.

Nestes anos de Pacifico,não encontramos muitos Brasucas,o que me deixou muito triste.Porque será que tão poucos veleiros de bandeira  do Brasil vem ao pacifico????
Na verdade,encontramos com o “ANNY”de Curitiba,vindo do Caribe,via Canal do Panamá ,estivemos com o Crespo e sua tripulação, nas Marquesas, Tuamotus , Tahiti e depois não os vimos  mais  e soubemos que já estão no Brasil desde 1999.

Depois o Pedrão, no Tahiti, grandão ,do tamanho da amizade que fizemos, ele era o Capitão de um belíssimo e gigantesco Catamara, de bandeira Inglesa,,o “VITORIA
PHELIPE”, cujo dono era o Décio, engenheiro paulista.

O Pedrão iria retornar ao Brasil, para montar seu próprio veleiro.O Sylvio,seu imediato, continuou a viagem, encontramos muito com ele até a Nova Zelândia onde curtimos o Sylvio pela ultima vez, depois sumiram também. Mas foi sempre legal, os nossos encontros com os Brasucas do “VITORIA PHELIPE” !!!Era um barcão tinha até ar condicionado central!!!
Daí não tivemos mais contatos com Brasucas, ate que um dia ,quando já estávamos há uma semana na Marina de Bundaberg, na Austrália, costa leste, apareceu o “JORNAL” e carregadinho de noticias.
O “JORNAL”, meu irmão do peito, com a Gina e o Vilmar, de Santa Catarina, bem, ai foi hemorragia de prazer, correr para o abraço!!!!!

Coisa inesquecíveis, nos sempre juntos e as nossas  tripulações também. Foi churrasco festa, samba, alegria o tempo todo!!!!
Depois o “JORNAL” ,foi até Brisbane e nos para Mooloolaba, até que eles voltaram e nesta cidade ,onde já éramos locais, nos encontramos novamente e foi farra o tempo todo, novamente.
O “JORNAL”, me deu grandes dicas, já que ele é Brasuca da Silva, nascido lá. Ele ia se mandar para o Brasil, via África do Sul, mas foram inteligentes, como sempre achamos que eram e acabaram mudando os planos e rumaram para o oriente, Mar Vermelho e Europa, agora já estão no Brasil recebendo a festa merecida!!!!!!

O “JORNAL foi dos grandes momentos vividos com brasucas no Pacifico, gente inesquecível, para quem com eles fez amizade.
Você não os conhece Xará????

F
ácil, em nosso site oficial,
www.guardianboat.com.br na pagina de serviços, Esta lá linkado o VELEIRO JORNAL!!!!!
Como você Esta ligado na internet ,checando as news ai da REVISTA TURISMO, não vai perder nada sobre o cruzeiro do GUARDIAN.

Hoje computador no mar é muito importante diria até fundamental, para quem Esta fazendo cruzeiro a vela. Tem muita gente que tem medo de computador acha que morde, ou diz que não é coisa do seu tempo.
Agora veja s
ó, 5 anos velejando o Oceano Pacifico e só 3 veleiros brasileiros encontramos, tem algo esquisito, ou não tem?????

Como falei antes com você, Xará, temos as épocas de velejar e de esperar as passagens de furacões. No Pacifico, de novembro a abril, na parte sul, é tempo de procurar um local abrigado, protegido, um porto seguro e esperar.

Tem gente que não respeita e se dá mal. Nessas temporadas, ficamos uma na Nova Zelândia ,em Bay of Island, que o João diz lembra muito Angra dos Reis, no Rio de Janeiro e que ainda vou ver os amigos que já tenho por lá.  E, duas vezes na Austrália ,na cidade de Mooloolaba, onde já somos locais e cada vez fiquei mais nos trinques.


É nestas épocas, que a galera dá o trato em mim, checagem geral no meu motor, manutenção no meu verniz, checagem nas velas, novos eletrônicos, equipamentos, etc...
Nesta época é que escrevemos nossos livros, mantemos contato com o pessoal do Brasil, via internet, acertamos detalhes com nossos parceiros, a SOCOCO, o JORNAL DO BRASIL ONLINE,ARACAJU WEB DESIGN,REVISTA ELE e ELA. Muitos amigos novos ,gente me conhecendo, falando de mim.
E ainda tem os amigos da REVISTA NAUTICA ,que estão sempre dando aquela forca, divulgando em excelentes matérias o nosso cruzeiro.
 

Xará, agora que já somos íntimos ,vou te pedir um favorzinho, se você conhecer alguém que queira colocar o nome de sua empresa na minha vela,  me dá um toque falo!!!!

Vai aparecerem revistas, jornais ,nas minhas fotos divulgadas no Brasil, artigos ,livros como este, etc....E rodar o mundo todo e ainda ajuda a gente ficar mais equipado. To contando contigo, ok, Xará!!!!!!!
Assim vivemos o Pacifico, com muita alegria, tranqüilidade e segurança, conhecendo gente boa, coisas fantásticas, fazendo um montão de amigos e deixando na esteira de nossas partidas muitas saudades!!!!!!!!!!!!!!

Gostou desta Xará, é pura verdade!!!!!!!!!!
Na verdade, o Pacifico, para se conhecer iria ter que  se viver uma vida nele, mas já deu por gasto, pois nos não sabíamos nada  dele. E agora já sabemos um pouquinho mais que nada, e ainda vamos conhecer outros locais bonitos também. Este é o velejar em cruzeiro, estar sempre em belos, inesquecíveis  e maravilhosos locais ,como o OCEANO PACIFICO, o mar de Balboa!!!!!!
Bem Xará, tudo isto, para se fazer, tem que se estar bem preparado e por tal minha manutenção tem que ser perfeita e custa grana, não é mesmo???
Então vamos ver com é isto??????? 

Reportagem : João de Albuquerque (O Sombra)

João Francisco Sombra de Albuquerque (O Sombra) viaja com sua família pelo mundo a bordo do veleiro Guardian. Mensalmente ele escreve matérias de suas aventuras para a Revista Turismo. Acompanhe sua Saga!