Bali - Arte, Tecidos e Negócios

Voltar

Aparentemente, BALI esta envolvida por um pensamento que abrange um paraíso voltado para o descanso, ferias, turismo e outros aspectos da mesma ordem.

Todavia, dentro desse contexto, algo notável se impõe e sobressai: sua arte, seus maravilhosos e estampados tecidos e, fundamentalmente, como base de tudo, está o vocábulo "negócios". 

BALI vive, transpira, pulsa e esbanja "negócios'. 

A arte balinesa encerra belezas incríveis e providas de um bom gosto extraordinário. Desde os pequenos objetos, seculturas em pedra ou pré-moldados com suas mascaras, passando por uma arquitetura leve, harmoniosa, onde o rústico e o fino se aliam numa composição de fantástico visual, até a musica e a dança.

É difícil, muito difícil, ao visitante em BALI, não se perder nos meandros destas notáveis expressões de arte. Por vezes, desapecebida aparentemente, no meio de uma travessa ou rua, tumultuada pelo movimento de automóveis, motocicletas e pessoas, encontra-se, pousada sobre um singelo muro, uma escultura que nos cala profundamente. Esquecida, nota-se esta bela peça, ao se contemplar detalhes que viajam pelo tempo e demonstram estar o balines envolto, nesta aura que a arte encerra. 

Museus, templos e galerias em números incontáveis apresentam detalhes de rara sutileza que torna, mesmo ao menos interessado, um amante da arte e do belo.BALI é beleza e arte, desde o simples detalhe ao mais luxuoso Resort.

No que tange a estamparia e tecidos, descortina-se um mundo onde nos panos se expõe a fantasia a expressão de alegria e, sobretudo, algo totalmente diferenciado daquilo que nossa visão tem captado em termos da industria têxtil.

Os Sarongs e as camisas balinesas, distribuídos e constantes em todo o mundo, são a maior prova de que é inegável o prazer que se tem em vestir. Moda e bom gosto fazendo uma parceria constante e desaguando numa torrente de paixão por BALI, em todas as metrópoles litorâneas, ditos locais arautos da moda.

A estamparia notável alia-se a tecidos de qualidades infinitas, tendo como pilar central o "rayon" , leve, sutil, suave, algo que se incorpora a nossa pele naturalmente, dando uma sensação de prazer indescritível no seu uso.

O vivenciar este mundo de estamparias de cores ora agressivas, ora com tendência a tons mais suaves, tipo "pasteis" , tem-se uma impressão definida e incontestável de quão incrível este ambiente que nos cerca e, por vezes, não damos a a mínima atenção e valor.

Em BALI, o tecido e a estampa ganham outra dimensão, explodem em padronagens que nos levam a sonhos e fantasias, em observá-los e admirá-los.

Contudo,por trás de todo este complexo de beleza estão os "negócios" , onde BALI é, sem duvida alguma, a capital. Chega a ser incrível como neste ambiente místico e religioso, bordados com incríveis linhas de arte, o comercio e presente em toda sua plenitude, sem fronteiras e interferências de um no outro.

Por seus custos incrivelmente baixos, o primeiro pensar é exportar. E o balines sabe bem disto!!!!!!!!!!!!!!!!

Centenas de escritórios de exportação, "os cargo", estão espalhados por toda a BALI, facilitando este comercio internacional.Turistas, que chegam para ficar um mês, estão ha mais de 20 anos envolvidos pelo narcótico comércio balinês, onde se torna um vicio rentável que acarreta o viver e desfrutar de um paraíso por custos escandalosamente baixos.

Para nós do GUARDIAN, tornou-se uma experiência das mais fantásticas em todo o cruzeiro:viver e estar em BALI recebendo injeções de todo este contexto e sentir o desejo deste sonho que é o comercio balinês, onde numa simples e rápidas trocas de idéias num mero e casual encontro, na mesa de um bar ou nas brancas areias das belas e famosas praias, redundam em ser corrompidos pelo "negocio" que ,naturalmente, envolve milhares de dólares, acompanhando da cerveja local "Bintang!!!

Justo e por tal, vemos, desde surfistas que se tornaram prósperos homens de negócio a empresários internacionais, que em BALI encontraram seu paraíso.

O vivenciar de toda esta experiência, inegavelmente nos trouxe a absoluta certeza de que BALI fora é e sempre será uma das mais belas paginas de nosso cruzeiro a vela pelo mundo. Onde estar seis meses representa, na ampulheta do tempo, algo equivalente a seis dias e, por tal, deva ser sempre ponto de referência desta incrível e inesquecível viagem do GUARDIAN por nosso fantástico planeta azul. 

Abaixo 2 links para os interessados em Bali :
www.indo.com

www.bali.net

Reportagem : João de Albuquerque (O Sombra)

João Francisco Sombra de Albuquerque (O Sombra) viaja com sua família pelo mundo a bordo do veleiro Guardian. Mensalmente ele escreve matérias de suas aventuras para a Revista Turismo. Acompanhe sua Saga!