Como viabilizar melhorias no mercado turístico brasileiro - Mar/02

Voltar

Há muito a se fazer para intensificar o turismo no Brasil. A começar pela conscientização da população quanto a preservação das belezas naturais e da cultura regional e nacional.

Para termos o que oferecer é preciso ter consciência, formar uma infraestrutura adequada aos padrões esperados quando vamos visitar,ou mesmo trabalhar num local. Por exemplo, precisamos ter facilidade de locomoção, serviços de translado, facilidades para ter acesso à teatros, shows, restaurantes. Aqui no Brasil podemos pedir a compra de ingressos através de companhias especializadas em atendimento por telefone, porém a preços exorbitantes que chegam a onerar em 10 reais um convite de 50 reais. Isso desestimula qualquer um. E nos leva a enfrentar uma fila de duas, três horas. É bem verdade que pelos países afora as filas também judiam...

São Paulo, que está se destacando no turismo de negócios, ainda tem falhas gravíssimas como a falta de ramificações do metrô. Em New York podemos ir a praticamente qualquer lugar apenas usando os metrôs, sem pegar congestionamentos. É preciso também oferecer um pouco mais de segurança, o que é um grande problema, não só em São Paulo.

Percebe-se claramente que a questão do turismo não depende apenas da iniciativa privada, e que é muito mais ampla do que se imagina. Estão envolvidos problemas de toda natureza : econômicos, de segurança, culturais, sociais, etc. 

Não se deve deixar a ganância de um lucro maior acabar com mananciais, solos, ou destruir a cultura da população local. Em uma viagem a Cancun percebemos que o povo daquele lugar vivia exclusivamente para o turismo, para a diversão dos outro. Nós, turistas, podíamos entrar em qualquer praia de qualquer hotel, já a população local estava praticamente proibida. A beleza do local em muitas áreas foi criada através de aterros.As camareiras e carregadores recebiam apenas o valor das gorjetas deixadas pelos turistas. O dinheiro do turismo não beneficiou a população local.

Para um país poder competir no mercado mundial é preciso que ele se torne atrativo aos olhos dos turistas em potencial. É preciso muita divulgação e que o governo também conheça o assunto para que haja uma harmonia na criação da infra-estrutura. Não surte grande efeito a construção de um hotel cinco estrelas, se o turista não puder se banhar na praia em frente, porque ela está poluída pela falta de saneamento básico.

Autora: Marlene Ohira

Voltar