Artigos

Turismo como vetor de desenvolvimento em Goiás - Jul/05

Voltar

O cenário global da economia brasileira demonstra que o turismo está conquistando espaço definitivo junto a diversos setores modernos. Como atividade mundial em expansão, representativa de um movimento extraordinário de trilhões de dólares em diferentes ramos de negócios, revela uma nítida tendência de crescimento e prosperidade para os empresários da indústria de viagens, hotelaria e turismo.

Em Goiás este cenário não é diferente, apesar da economia estar mais concentrada no setor agropecuário e industrial, o turismo vem se destacando na chamada economia de serviços. Atualmente o turismo é uma atividade em pleno crescimento no Estado, com perspectivas bastante promissoras. São vários os segmentos que podem ser explorados, dentre eles podemos citar o turismo de negócios, turismo rural, ecoturismo, turismo de aventura, turismo religioso, turismo de águas termais etc.

Em termos econômicos para o Estado de Goiás, o turismo é considerado um forte gerador de empregos, proporciona impactos positivos nos setores primário, secundário, e terciário, contribui para o aumento de arrecadação de impostos, além de contribuir para melhoria de vida da população goiana, através de seus efeitos multiplicadores de renda, produção e emprego.

De acordo com a OMT (Organização Mundial do Turismo) o Brasil terá um aumento significativo de turistas estrangeiros, podendo atingir 15 milhões no ano de 2006. E o mercado turístico goiano? O Estado está preparado para atender uma demanda superior a sua capacidade receptiva? Quais serão as estratégias para acompanhar o mercado do turismo que já é responsável por 10% da população economicamente ativa no mundo?

Para isso, faz-se necessário um estudo dos principais pólos turísticos do Estado, conscientização da sociedade, inventários de ofertas turísticas, estruturação da demanda, definição do turista que interessa buscar, investimentos em infra-estrutura básica e em programas de capacitação profissional para melhorar a qualidade de serviço. É importante ressaltar que para o desenvolvimento do turismo goiano é imprescindível a participação ou cooperação do governo, do setor empresarial e das universidades. Trabalhar em parceria ou formar redes é a melhor forma de captar recursos, maximizar resultados, evitar duplicidade de esforços e redução de custos.Portanto, cabe aos estudiosos do turismo e os futuros empresários estarem atentos às tendências e oportunidades de mercado nos diversos segmentos do turismo, de forma que a atuação em conjunto e parceria com o governo venham a contribuir para o desenvolvimento econômico e social do Estado de Goiás.

Autor: Ricardo Furtado Rodrigues - Mestre em Política Cientifica e Tecnológica pela UNICAMP e docente do curso de Turismo da Faculdade Cambury em Goiânia (GO).

 

 

Mande o seu artigo também, clicando na cartinha 
ao lado, e promova seu trabalho expondo-o aqui!

Voltar