A explosão do turismo - Nov/02

Voltar

Analisando o texto da Revista Exame "A Explosão do Turismo" podemos afirmar o Brasil é o grande negócio do momento para grupos de investidores do setor de turismo e hotelaria.
 
Estão em fase de construção cerca de 300 empreendimentos, num total de 6 bilhões de dólares (de 1998 até 2002) e com previsão de gerar mais de 500 mil empregos. Além de milhares de oportunidades de negócios que surgem com os setores cujas atividades são relacionadas com o turismo (fornecedores em geral, transporte e indústria de alimentos).

Vindos principalmente da Europa, os investidores trazem dinheiro conseguido a juros baixo da no Mercado Comum Europeu e investem no Brasil, principalmente no litoral do Rio de Janeiro e do Nordeste.
Outros negócios que estão crescendo dentro do setor turismo são as viagens através de vôos fretados e os cruzeiros pela Costa Brasileira.

Depois de divulgar o país no exterior sem muito planejamento, a Embratur mudou a estratégia. Resolveu qualificar mão-de-obra, identificar e explorar novos roteiros, além de trabalhar as noções de planejamento nos municípios com potencial turístico.
Nos últimos anos os Governos Estaduais e Federal tem investido 10 milhões em infra estrutura das regiões turísticas, parte deste dinheiro na construção ou modernização de rodovias, aeroportos e saneamento básico.

Vários empreendimentos são mega negócios, conjunto de resorts, muitas vezes distante das cidades e quase sem contato com as comunidades. Nestes empreendimentos os turistas encontram de tudo.
Fruto da discussão sobre até que ponto esses imensos hotéis instalados em locais remotos beneficiam as comunidades à sua volta, um bom exemplo é Complexo Costa do Sauípe, Bahia - a 76 km de Salvador.
Um projeto chamado Instituto da Hospitalidade capacitou milhares de pessoas na comunidade de pescadores da região e hoje muitos, que não sabiam nem ler, são funcionários do Complexo Costa do Sauípe.

Os negócios do turismo no Brasil já representam 4% do PIB, cerca de 20 milhões de dólares.
Mas o Brasil ainda tem vários problemas apontados pelos investidores estrangeiros: sujeira nos espaços públicos, estradas mal conservadas, a falta de sinalização e o despreparo (baixa instrução) das pessoas para lidar com o turista.
 
Isto faz com que o país ainda esteja na 29ª posição entre os países que mais atraem turistas. Atrás de Tailândia, Malásia, Irlanda e Bélgica. Sem planejamento cidades com alto potencial turístico podem ter sérios problemas, Porto Seguro contabiliza 25 000 pessoas vivendo em favelas.

Ainda assim os investidores estrangeiros acreditam que o Brasil resolverá num futuro próximo seu problemas estruturais e se antecipam com grandes investimentos. A Embratur aposta na capacitação das pessoas e que o nosso patrimônio histórico, cultural e ambiental será um diferencial inigualável" quando o turista for definir seu destino.

Autor:
Edson Luiz Ambrósio

 

 

Mande o seu artigo também, clicando na cartinha 
ao lado, e promova seu trabalho expondo-o aqui!

Voltar