Compare Produtos, Lojas e Preços
Dicas de Viagem

Machu Picchu - Peru - Abr/05

Voltar

Machu Picchu é toda cheia de mistérios e cada pedra parece ter uma história interessante para contar.

Machu Pichu não precisa de grandes apresentações. Foi e continua sendo uma fonte inesgotável de comentários, idéias, teorias e poesias, tudo que possa fazer trabalhar a imaginação-e nada melhor que esta para encontrar adjetivos e exaltações em homenagem a esse impressionante conjunto de pedras talhadas.

Num lugar dos Andes peruanos de privilegiada beleza e difícil acesso, erguem-se as ruínas de Machu Picchu, antiga cidade fortificada dos incas cujos jardins em diferentes níveis eram ligados entre si por mais de três mil degraus. Machu Picchu se localiza numa das zonas mais elevadas dos Andes, no centro-sul do Peru, próximo a Cuzco, antiga capital do império inca.

A cidade foi construída num estreito planalto de cerca de 2.400m de altitude, dominado pelo pico escarpado de Huayna-Picchu.

Abandonada por seus habitantes em época indeterminada, Machu Picchu ficou coberta pela vegetação durante séculos. Havia entre os nativos da região a crença na existência mítica da cidade, mas suas ruínas só foram descobertas em 1911, por uma expedição encabeçada pelo americano Hiram Bingham, da Universidade de Yale.

Para chegar até elas naquela época, era preciso percorrer um caminho difícil entre as montanhas, que partia da localidade vizinha de Ollantaytambo.

Machu Picchu é um dos poucos núcleos urbanos pré-colombianos conservados praticamente intactos. Construído em pedra, com grandes blocos graníticos unidos sem argamassa, foi edificado segundo uma concepção urbanística unitária, dentro da qual foi possível identificar diferentes setores ou bairros com funções distintas.

O Peru é um país com uma cultura rica e paisagens impressionantes, uma semana não é nada para quem deseja conhecer as belezas do Peru. Existem ruínas de diversas culturas espalhadas por todo o país, trechos de floresta tropical, Lima, as linhas de Nazca, lindas praias no norte, as ilhas do lago Titicaca, a cidade colonial de Arequipa, a Cordillera Blanca, Machu Picchu, Cuzco, etc...

Pode-se alcançar Machu Picchu de várias formas, algumas delas incluem caminhadas, trem, ônibus e até helicópteros. Fui para lá tomando o trem em Cuzco até a estação de Aguas Calientes.



Compare Produtos, Lojas e Preços





 



Em Aguas Calientes precisei tomar um dos muitos micro-ônibus que estão sempre partindo para Machu Picchu. Para chegar até o topo da montanha leva uns 15 min.

É possível fazer todo o trajeto por conta própria, dá um pouco mais de trabalho mas sai bem mais barato. Uma coisa em que acho não valer a pena economizar é no guia para as ruínas. Fazendo a visita com eles, aprendi muito mais sobre Machu Picchu do que podia imaginar.

Bem que a palavra Perú evoca inevitável e quase imediatamente, as imagens de Machu Picchu e do Imperio fundado pelos Incas, pelos seus caminhos é possível conhecer o impressionante patrimônio arqueológico herdado pelas civilizações mais antigas que são testemunhas de sua arte, costumes, ritos e desenvolvimento.

Reportagem: Marcelo Russo

Voltar